domingo, 1 de abril de 2007

embananada


Rocambole recheado com um doce (goiabada, bananada, ou uma geléia) é algo que me remete à infância. Aqui em casa, há muitos anos atrás, éramos todos super formiguinhas... rs... Sempre que se abrisse a geladeira, lá tinha um doce sorrindo e esperando ser devorado. Agora não somos mais assim, mas às vezes... um docinho cai bem.

Para aquecer a alma, um rocambole de banana.

Recheio:
12 bananas nanicas bem maduras, amassadas
500g de açúcar refinado
200 g de achocolatado (opcional, mas eu gosto!)

Leve numa panela ao fogo e mexa para que os ingredientes formem uma massa. O ponto é como o do brigadeiro meio mole, e ficará parecendo brigadeiro de banana de colher. Muito bom de comer puro!! Deixe esfriar antes de usar.

Massa:
6 ovos
6 colheres (sopa) cheias de açúcar
6 colheres (sopa) cheias de trigo
1 colher (sopa) cheia de fermento

Bata as claras em neve e depois adicione as gemas uma a uma, batendo bem depois de cada adição. Adicione o açúcar e bata apenas até misturar. Desligue a batedeira e acrescente a farinha de trigo e o fermento, mexendo delicadamente com uma colher de pau até ficar uma massa homogênea.

Forre uma assadeira grande com papel manteiga, espalhe a massa e leve ao forno médio-alto por cerca de 20 minutos (ou até dourar um pouco em cima e, ao espetar um palito na massa, ele saia limpo).

Espere esfriar uns 5 ou 10 minutos, e já desenforme a massa com o auxílio de um pano de prato umidecido e polvilhado com açúcar refinado ou de confeiteiro. Retire o papel manteiga, espalhe o recheio (cuidado pra não encher muito nas pontas, mas não deixe as pontas sem recheio!!!) e enrole ainda com a ajuda milagrosa do pano de prato e transfira cuidadosamente para o prato de servir.

Caso queiram, fica ótimo colocar cobertura de chocolate por cima, ou apenas polvilhar mais açúcar, ou ainda só mesmo o tanto de açúcar que estava polvilhado no pano e que ficou grudadinho no rocambole.

Delicie-se.


Beijocas :*



2 comentários:

Lila disse...

Já anotei essa pra fazer assim que possível, adoro bananas em doce!
beijo e bom domingo!

Cris disse...

Esta massa parece bem leve... faz tempo que não faço rocambole, eu também me lembro da infância... Bjs

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin